Seguidores

17 de agosto de 2010

Poesia: Lua Romântica



LUA ROMANTICA


As ruas estavam tenebrosas, sem vida alguma...
Os céus, insignificativos em si...
As casas, mortas pelo silêncio,
E a Lua retratava a solidão e o romance...
Então logo as luzes retornam a cidade.
As ruas iluminam novamente o caminho,
O céu se desvanece das estrelas...
As casas se tornam vivas novamente,
E a Lua permanece solitária, mas sempre romântica.


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário