Seguidores

25 de janeiro de 2011




REALIDADE INCOMPLETA
Há quem viva uma falsa realidade que penso...
de felicidades e amores incompletos...
Sem cores por si só...
Sonhos inperceptíveis de um
vazio abstrato incomparável...
Apreciando o inadimirável vivo eu...
Olhando nos olhos daquelas estranhas almas
numa avenida qualquer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário